MEC divulga resultado do Enem 2011 por escolas



Entre as 100 escolas mais bem colocadas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2011, dez são públicas: duas estaduais e oito federais. As notas por instituição foram divulgadas hoje (22) pelo ministro da Educação, Aloizio Mercadante.

Com o oitavo lugar, o Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Viçosa obteve o melhor resultado entre as públicas. Depois veio o Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), na 29ª colocação, e o Instituto Federal do Espírito Santo, em Vitória, no 40º lugar.

O Colégio Objetivo Integrado, escola particular localizada em São Paulo, ficou com a melhor nota do Enem do ano passado.

Para Mercadante, o resultado não pode ser considerado como ranking das melhores escolas de ensino médio do país. “O Enem não é um ranking de avaliação entre escolas, é uma avaliação dos alunos, dos estudantes. É insuficiente como avaliação do estabelecimento escolar”, ressaltou o ministro. [...]

Fonte: Exame

NOTA: Cruzando as informações com os dados do Ideb do último ano do ensino médio, dá para se chegar as seguintes conclusões:

1 - Não surpreende que poucas escolas públicas estejam entre as 100 mais bem colocadas no ranking, e isso ainda porque as federais é que estão "puxando boa parte do bonde";

2 - Quem diria, não foi um instituto localizado nos maiores centros econômicos do pais que ficou em terceiro lugar das federais mais bem colocadas no Enem;

3 - Para se ter uma noção de como as escolas públicas (para ser mais exato, as estaduais) estão ruins, menos de 1% delas possui média geral no Enem superior à "média" (600 pontos);

4 - De fato, o Mercadante tem um quê de razão em afirmar que o Enem não é suficiente como avaliação do estabelecimento escolar, apesar de que na maioria dos casos o exame apenas ratifica as conclusões extraídas dos resultados do Ideb. Lembrando que pelo Ideb as melhores redes de escolas privadas (por estado) possuem nota próxima à média (6,0). Enfim, mesmo quem estuda na rede privada não teria muito o que comemorar.

P.S.: Esquecendo um pouco o que o Mercadante disse, essa aqui vai interessar para um certo pessoal:


Tendo estrutura bem inferior (na época) ainda ficou melhor que o segundo colocado...Chupem, vices!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Não, Juan Arias. Dilma não se transformou

Dando-se tempo ao tempo: cadê as vantagens do porto de Mariel?

ENEM 2015 e o orgasmo da esquerda festiva