Petroleiro não atraca e postos ficam sem combustível no ES


Os postos de combustível da bandeira BR, da Petrobras, estão sem abastecimento na Grande Vitória e no interior do Espírito Santo. A empresa informou que o mau tempo impediu a chegada do petroleiro Lambari, no Porto de Tubarão, em Vitória. A distribuição feita por caminhões não atende a demanda e, segundo Sindicato do Comércio Varejista dos Derivados de Petróleo do Estado do Espírito Santo (Sindipostos-ES), os estabelecimentos de outras bandeiras começam a ser afetados.

A Petrobras informou, em nota, que a previsão é que o reabastecimento seja realizado nessa quarta-feira (28). O petroleiro interrompeu o descarregamento de diesel S500, gasolina e diesel marítimo do Porto de Tubarão. O navio aguarda liberação para atracação. A distribuidora intensificou o transporte por caminhões.

A Vale, que administra o Porto de Tubarão, informou que o terminal opera normalmente.

Pessoas afetadas

Durante o fim de semana, diversos motoristas que procuram os postos para abastecer enfrentaram dificuldades. O estudante Danilo Nicoli, por exemplo, disse que chegou a parar em três postos na capital, mas, não encontrou gasolina. "Em uma cidade litorânea, o navio não conseguir atracar, é estranho. Alguém tem que pagar o pato", disse o estudante.

O frentista de um dos postos prejudicados também contou que o problema coloca as vendas em risco. "A situação está feia. O patrão fica no prejuízo e não dá certo. Preciso do trabalho, então tem que ter combustível para a gente abastecer", disse Jaime Pereira de Souza Junior.

Fonte: G1

NOTA: Problema que poderia ser perfeitamente contornado se houvessem centros de armazenagem de combustíveis em nosso estado, auxiliado por uma rede de transporte dutoviário aos postos. Lembrando que não é a primeira vez que o caos se instala no Espírito Santo (principalmente na Grande Vitória) por conta de imbróglios logísticos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Não, Juan Arias. Dilma não se transformou

Dando-se tempo ao tempo: cadê as vantagens do porto de Mariel?

ENEM 2015 e o orgasmo da esquerda festiva