Temporada de verão 2012/2013 será mais chuvosa que o normal


Com mais um temporal, a Grande Vitória voltou a viver alguns velhos problemas, bastante conhecidos pela população: caos no trânsito, alagamentos e deslizamentos marcaram todo o dia desta quarta. E nada parece que vai mudar tão cedo.

Com o próximo verão prometendo ser mais chuvoso do que o normal, somado a uma série de obras de drenagem urbana inacabadas, tem-se aí uma mistura preocupante para quem vive na Região Metropolitana.

Esta quarta-feira foi apenas mais uma prova do que vem pela frente. Em um intervalo menor que 20 horas, choveu cerca de 180 milímetros. O índice, de acordo o Centro de Meteorologia do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) e o Instituto Somar Meteorologia, foi o maior registrado em todo o ano. O recorde anterior era de 14 de maio.

Segundo o Somar, nesta quarta choveu mais do que a média de todo o mês de novembro (170mm). Já para o Incaper, esse índice é de 211mm. Assim, choveu 86% do previsto. [...]

Verão chuvoso

Segundo a meteorologista do Climatempo Josélia Pegorim, a expectativa é de que no verão as chuvas superem as médias. "Deverá ocorrer a formação de grandes áreas de instabilidade", adianta.

Como A GAZETA antecipou na terça-feira, as intervenções que poderiam minimizar os danos das enchentes não ficarão prontas até o fim deste ano. Algumas nem tem previsão para sair do papel.

Em Maruípe, na Capital, a implantação das galerias de águas pluviais só deve ser concluída em cinco meses – e não mais em dezembro, como havia sido prometido. Já a macrodrenagem das bacias Orla e Norte-Sul, que deve reduzir alagamentos em Jardim Camburi, será entregue em dezembro. O mesmo vale para o trecho que vai da Avenida Leitão da Silva ao Horto de Maruípe. 

Obras em Bento Ferreira, Ilha de Santa Maria e Ilha de Monte Belo, também em Vitória, estão em fase de captação de recursos. O mesmo acontece com as obras de drenagem do Canal da Costa, em Vila Velha, atualmente paradas. [...]

Fonte: A Gazeta

NOTA: Lembrando que as obras de drenagem em frente ao Terminal de Itacibá, em Cariacica, também estão paradas. Isso significa muitos "feriados forçados" no IFES Campus Cariacica, como praticamente aconteceu ontem. Mas espero que tanto eu como os meteorologistas errem na previsão, né...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Não, Juan Arias. Dilma não se transformou

Dando-se tempo ao tempo: cadê as vantagens do porto de Mariel?

ENEM 2015 e o orgasmo da esquerda festiva