Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2013

Aquecimento global reduz capacidade de trabalho em 10%

Imagem
À longa lista de fatores que prejudicam a capacidade de trabalho de uma pessoa, que vai de problemas de saúde a um simples desânimo, adicione mais um: o “estresse térmico”. Um estudo publicado na revista científica “Nature Climate Change” sugere que o aumento da temperatura global nos últimos 60 anos reduziu a capacidade de trabalho em 10%. [...]
Segundo os cientistas, o verão, marcado por picos no termômetro, é o período onde a queda é mais pronunciada, especialmente em países localizados em zonas tropicais.
Quem mais sofre são os trabalhadores de indústrias pesadas, construção civil, exército, agricultura e de regiões diretamente afetadas por eventos naturais extremos. Elaborada por um grupo da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (NOAA, na sigla em inglês), a pesquisa indica como zonas vulneráveis a região da Península Arábica, o Sudeste da Ásia, além do Norte da Austrália e o subcontinente indiano.
A previsão é de que o aquecimento global poderá prejudicar ainda mais a ap…

Especial: A MP 595 e o futuro do transporte portuário no Brasil. Ou: do jeito que está não pode ficar

Imagem
Boa noite pessoal. Hoje o Minuto Produtivo irá comentar sobre um assunto que marcou o noticiário econômico desta semana é que é bastante polêmico: a MP 595 (confira o texto completo dela aqui), que está sendo negociada entre governo, empresários e trabalhadores do setor portuário.
Um dos pontos controversos da medida (que inclusive levou a deflagração de uma greve anteontem, suspensa no mesmo dia) é sobre a não obrigação de contratação de trabalhadores via Órgão Gestor de Mão de Obra (OGMO), permitindo a contratação direta pelas empresas nos terminais privados. O Ogmo é uma entidade sem fins lucrativos, responsável pelo cadastramento, registro e fiscalização dos trabalhadores portuários avulsos. Para evitar que a paralisação se estendesse, o governo e representantes dos trabalhadores fecharam um acordo válido até 15/03. Até lá, o governo não dará continuidade a processos licitatórios para conceder áreas portuárias para a iniciativa privada, e os trabalhadores assumiram o compromisso …

Rodovia do Contorno duplicada até abril, segundo o DNIT

Imagem
O superintendente do Departamento Nacional de Infra-estrutura de Transportes no Espírito Santo (Dnit), Halpher Luiggi, garantiu nesta quinta-feira (21) que as obras de duplicação da Rodovia do Contorno terminam em abril. A afirmação foi feita em entrevista veiculada no Bom Dia ES.
Na entrevista, o superintendente disse que os serviços de complementação, que vão interligar os dois viadutos construídos na rodovia, já estão em fase final de acabamento.
O trecho que será concluído agora tem 26km. O restante da duplicação da rodovia, segundo o superintendente, deverá ser concluído em até 10 anos, a partir da assinatura do contrato de concessão da Rodovia.
Em relação à BR 262, que também será privatizada, a abertura das propostas deve acontecer em março deste ano. Ainda segundo Luiggi, os serviços de duplicação na via, do trecho que vai de Viana, na Grande Vitória até a localidade de Vitor Hugo, devem começar em julho ou agosto.
Fonte: A Gazeta
NOTA: Só espero que a BR 262 não tenha o mesm…

E começa o warm-up para 2014 na política capixaba...

Imagem
Boa noite pessoal. Pela antiga tradição brasileira, o ano só começa depois do carnaval. E na política as coisas não demonstram ser nada diferentes. Ainda durante a folia, os assuntos do momento forama cada vez mais provável candidatura de Eduardo Campos à Presidência da República e o lançamento do novo partido de Marina Silva, que se chama "Rede Sustentabilidade", ocorrido ontem. E no cenário político local as coisas começam a esquentar para o ano que vem. Segue abaixo uma matéria do jornal A Gazeta de hoje sobre o assunto. Volto para comentar.
"Mesmo com cenário ainda em aberto, terá forte influência nacional a corrida pelo governo estadual e pela única vaga capixaba em jogo do Senado em 2014. A entrada do governador Eduardo Campos (PSB-PE) no rol dos presidenciáveis ameaça, de qualquer forma, a reedição da aliança majoritária do PSB com PT e PMDB no Espírito Santo. Nem mesmo no plano federal está garantida a manutenção desta coalizão.
O jogo está embolado, admitem líde…

Acordo EUA-UE pode afetar as exportações brasileiras

Imagem
União Europeia e Estados Unidos negociam um acordo comercial há mais de cinco décadas, mas querem chegar a um consenso nos próximos dois anos.
Se isso acontecer, Luiz Afonso Lima, economista da SOBEET e especialista em globalização, diz que o Brasil será afetado em um período de cinco a oito anos. “Nós temos uma relação de igual para igual entre esses países, e essa relação vai ficar menos equilibrada à medida que eles tiverem vantagens alfandegárias, e nós não teremos”, afirma.
As exportações brasileiras de aço, máquinas, combustível, carne bovina e algodão sofrerão a competição para vender para a Europa, já que os Estados Unidos vendem os mesmos produtos. No caso de aviões e carros, os produtos fabricados aqui no Brasil terão concorrência tanto nos Estados Unidos, dos produtos europeus, quanto na União Europeia, dos produtos americanos.
O Brasil faz parte do Mercosul, o bloco comercial que tem Argentina, Uruguai e Venezuela como parceiros, além do Paraguai, que está suspenso, e uma…

Energia mais barata não chega à indústria de base

Imagem
Passado o pacote de redução do preço das contas de luz de residências e indústrias abastecidas pelas distribuidoras de energia, a medida que o governo qualificou diversas vezes como "reforma estrutural" pode ficar capenga porque não estabeleceu regras claras para beneficiar também as indústrias de base do país. Embora se esperasse que a eletricidade vendida no chamado mercado livre também viesse a ficar mais barata, as companhias de uso mais intensivo de energia devem continuar pagando caro pela energia consumida.
Desde o início da formulação do pacote, o consenso dentro do governo era de que o ataque às altas tarifas acabaria beneficiando os consumidores ligados no chamado mercado regulado - ou cativo, no jargão do setor elétrico -, ou seja, todos que recebem a energia diretamente das distribuidoras. Imaginava-se que, com a queda nos preços de geração e transmissão, a energia comercializada no mercado livre - negociada diretamente entre quem gera e quem consome a eletricid…

Agora vai! - Dilma quer crescimento de 3,5% para 2013

Imagem
A ordem interna dada pela presidente Dilma Rousseff de fazer todo o possível para alcançar um crescimento de pelo menos 3,5% este ano colocou parte da máquina do governo num ritmo frenético. As concessões em rodovias passaram por um freio de arrumação a favor do mercado, depois que o governo constatou que as condições inicialmente oferecidas despertaram pouco interesse.
Os pedágios máximos aumentaram, o custo dos empréstimos caiu e o prazo dos contratos foi Alongado.
O Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), por sua vez, ganhou mecanismos para tentar superar sua já conhecida lentidão. Em paralelo, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, tenta reforçar a dose dos remédios já conhecidos para combater a queda na atividade econômica. Ele tem pressionado os bancos a elevar o volume de crédito.
Além disso, estão em discussão novos cortes de impostos, como é o caso do PIS-Cofins.
"Nós não brigamos com o mercado", disse à reportagem o presidente da Empresa de Planejamento e Logís…

O jeitinho brasileiro e o "migué" de carnaval - como não ter moral para criticar parlamentar nem funcionário público

Imagem
Boa noite pessoal. Hoje irei utilizar o Minuto Produtivo para comentar uma matéria do Jornal A Tribuna de ontem (08/02/13), que fala sobre o fato de anualmente mais de 1000 pessoas perdem o emprego na época do carnaval, sendo que a maioria é por justa causa (quem quiser conferir a matéria completa clique aqui e aqui), sendo que desse grupo boa parcela é por usar atestado falso ou simular doença para conseguir um. Como vocês já perceberam, não irei transcrever a reportagem por aqui, até porque ela é muito longa. Repetindo, quem quiser conferir a reportagem completa é só clicar nos dois primeiros links deste parágrafo. Se você quiser economizar um pouco de seu esforço poderá clicar na imagem e ler um pedaço da mesma, que será de certo modo o foco de meu comentário.
Para começo de conversa, fica algo que vai surpreender (e dependendo do ponto de vista da pessoa decepcionar) muita gente: em nível nacional, Carnaval NÃO é feriado. A reportagem do jornal coloca isso (ao entrevistar o advog…

Mais uma da série contorcionismo fiscal: governo usou recursos do FGTS para fechar as contas de 2012. Ou: precisaremos pegar o dinheiro que emprestamos ao FMI de volta?

Imagem
"Guido Mantega usou o FGTS para fechar as contas do governo. Funciona assim: o FGTS é seu mas se você quiser usar ele para comprar um chocolate não pode, mas se o Governo quiser usar ele para tapar buracos nas finanças dele pode." (Guilherme Macalossi)

Cada vez mais que se analisa como o governo federal conseguiu fechar as contas do ano passado, fica cada vez mais evidente o desespero e a impressão de falta de rumo do mesmo na condução da política econômica. Segue abaixo um trecho de uma matéria da Folha de S. Paulo falando sobre mais uma das manobras para que tudo fechasse no mais incrível equilíbrio possível. Volto em instantes.
"Além da reserva extra que estava no Fundo Soberano e de dividendos dos bancos públicos, o Tesouro também contou com R$ 7,2 bilhões do FGTS --fundo que pertence aos trabalhadores-- para fechar as suas contas em 2012. [...]
Além disso, reteve a arrecadação proveniente de contribuição adicional de 10% que as empresas são obrigadas a fazer para o F…

Falta de interesse generalizado: professores culpam alunos por falta de esforço, mas...Não leem livros

Imagem
Três em cada dez alunos do 9º ano da rede pública já foram reprovados pelo menos uma vez. De quem é a culpa, então, dos problemas de aprendizagem e do baixo rendimento em sala de aula? Para os professores, principalmente da família e dos próprios alunos. 
Para 96% dos docentes que atuam na rede pública, as dificuldades estão relacionadas à falta de acompanhamento da família; 94% atribuem as baixas notas ao desinteresse e à falta de esforço do aluno; e 70% acham que o motivo é a indisciplina dos estudantes. 
Esses são alguns dados do levantamento feito com base nos questionários da Prova Brasil 2011, aplicada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). No Espírito Santo, participaram alunos, professores e diretores de 1.004 escolas. Os dados foram divulgados pela organização sem fins lucrativos QEdu: Aprendizado em Foco.
Responsabilidade 
Os resultados mostram que os professores não se sentem como parte responsável pelo fracasso no desempenho dos …

Queda da produção industrial: somente o Amazonas superou o ES

Imagem
Em 2012, a produção industrial recuou em nove dos 14 locais investigados pela Pesquisa Industrial Mensal, divulgada nesta quarta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em São Paulo, maior parque industrial do País, a queda chegou a 3,9%.
Outros destaques negativos no ano passado foram Amazonas (-7,0%), Espírito Santo (-6,3%), Rio de Janeiro (-5,6%), Paraná (-4,8%) e Rio Grande do Sul (-4,6%). No mesmo período, a média nacional foi de -2,7%. Houve resultados negativos ainda em Santa Catarina (-2,7%), Ceará (-1,3%) e Pará (-1,1%).
O menor dinamismo foi particularmente influenciado pelos setores relacionados à fabricação de bens de consumo duráveis (motos, aparelhos de ar-condicionado, fornos de micro-ondas, telefones celulares, relógios, televisores e automóveis) e de bens de capital (especialmente para equipamentos de transporte e para construção), além da menor produção dos setores extrativos (minérios de ferro), têxtil, calçados e couro, vestuário e metalu…

Sete gargalos a serem resolvidos antes da Copa de 2014

Imagem
No início da semana passada, a contagem regressiva para a abertura da Copa do Mundo de 2014 chegou aos 500 dias. Pouco depois, tanto o ex-craque Ronaldo, que vem sendo o "garoto-propaganda" dos preparativos para o Mundial, como Jérôme Valcke, o homem forte da Fifa na organização do evento, reclamaram dos "pessimistas" que insistem em levantar dúvidas sobre o sucesso do evento. Mas Ronaldo e Valcke não deveriam estar tão confiantes assim. Há cada vez menos tempo para os governos federal e estaduais resolverem os muitos problemas que podem prejudicar a organização dos jogos. Cerca de 20% dos projetos tem previsão de entrega apenas em 2014, perigosamente perto do início do torneio. Mantido o ritmo, algumas das obras preparatórias para o torneio não seriam nem mesmo concluídas a tempo. O governo previu a aplicação de 26,5 bilhões de reais em investimentos na Copa. Até agora, o total comprometido é de 14 bilhões. O valor efetivamente gasto é bem menor: 3,6 bilhões, ou …

A "jenialidade" que mata - IV: A espuma acústica comprada numa loja de colchões

Imagem
Cada vez que se avança nas investigações quanto às causas da tragédia ocorrida na boate Kiss, em Santa Maria (RS), fica ainda mais claro o "show" de irresponsabilidades múltiplas que terminou na hecatombe ocorrida domingo passado. Segue abaixo a matéria do G1. Volto logo.
"A espuma usada para reduzir o ruído na boate Kiss foi comprada em uma loja de colchões de Santa Maria. A queima do material produziu a fumaça tóxica que, segundo a polícia, causou a morte da maioria das vítimas. O comerciante que vendeu o revestimento prestou depoimento à polícia, como mostra a reportagem do Jornal Hoje (veja o vídeo abaixo). No último domingo (27), um incêndio na casa noturna deixou 237 mortos.
Funcionários da Kiss encomendaram a espuma para usar no isolamento acústico da boate. O produto é vendido por R$ 30 o metro quadrado. As notas fiscais fornecidas pelo fabricante serão encaminhadas à polícia. "O rapaz que fez a reforma encomendou. Foram três lâminas", afirmou Flávio Bo…