Panelaço só é golpismo quando é contra o que eu penso

Eduardo Cunha (Fonte: Jeisael.com)
Depois de no início do ano ver as reações iradas do governismo contra os panelaços chamando-os de "golpismo da elite branca", agora temos o "barulhaço" que nada mais é que a versão "left and soft" do panelaço. O engraçado é que o princípio é justamente o mesmo, a diferença é que se volta contra um - agora - opositor do governo e em defesa do petismo.

A mensagem é clara, panelaço só é golpismo quando é contra quem eu votei. Assim como delator da Lava-Jato só tem credibilidade quando ataca meus oponentes ideológicos...Se fala do meu candidato, aí não...É só "um criminoso sem credibilidade". É ou não é um mimo, isso?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Não, Juan Arias. Dilma não se transformou

Dando-se tempo ao tempo: cadê as vantagens do porto de Mariel?

ENEM 2015 e o orgasmo da esquerda festiva