Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2012

5 dicas para trabalhar e estudar sem enlouquecer

Imagem
Trabalhar durante o dia inteiro e estudar à noite não é tarefa das mais fáceis. No entanto é uma realidade para muita gente. Mas é possível ter sucesso na carreira profissional e garantir um diploma de graduação, pós ou MBA sem ganhar muitos fios de cabelo branco? O gestor de tempo Fernando Serra dá 5 dicas que ajudam a conciliar todas as obrigações sem enlouquecer:
1 - Estabeleça prioridades:
É essencial. O primeiro passo é então verificar qual das duas atividades é mais importante agora. "Se a resposta for o trabalho, o profissional pode montar uma grade de estudos com intervalos maiores", diz Serra.
Uma possibilidade é frequentar aulas apenas três vezes na semana. Assim, sobra mais tempo para se dedicar às obrigações do trabalho. Tarefas acadêmicas também podem ser cumpridas com mais tranquilidade, durante as noites livres.
Se a prioridade é conquistar o diploma, a solução é escolher partir para um emprego mais flexível. "É importante poder sair do trabalho no horário…

Petrobras terá iniciativas para melhorar eficiência

Imagem
O Programa de Aumento de Eficiência Operacional da Bacia de Campos da Petrobras reúne 15 iniciativas de curto, médio e longo prazo. Para atender às necessidades do curto prazo, a empresa pretende, por exemplo, atuar para aumentar a disponibilidade de equipamentos pelo mercado fornecedor. Outras medidas estruturantes garantirão a manutenção da eficiência no longo prazo, como a padronização dos equipamentos utilizados.
"Substituir equipamentos não padronizados está nos tomando um tempo maior do que o imaginado. Queremos nos antecipar aos problemas, que apareciam em tempo mais rápido do que tínhamos capacidade de atender", afirmou a gerente executiva de Engenharia de Produção da Petrobras, Solange Guedes.
O programa inclui 31 plataformas, com idade de 13 a 30 anos de operação e produção de 450 mil barris por dia, cerca de 25% da produção total da empresa. Alguns campos gigantes incluídos no programa são Marlim e Albocora.
Para o gerente executivo de Exploração e Produção Sul/Su…

10 anos de um "déjà vu" na Fórmula 1

Imagem
Na última quarta-feira (25/07), completou dois anos do vergonhoso "Fernando is faster than you", no qual o Felipe Massa cedeu a primeira posição para Fernando Alonso. Mas hoje completa dez anos de uma espécie de "treinamento" para o que viria bem mais tarde...Vale a pena ver (ou não):

"Fe-li-pe, let...Nick...Pass...IMMEDIATELY!"

Voo de galinha: nossa prioridade?

Imagem
Bem, normalmente os posts no qual dedico tempo para opinar sobre os assuntos que dominam a semana deixo para o sábado à noite, mas por conta da repercussão dos fatos e também por certos comentários "construtivos" a respeito do assunto, tanto por especialistas como por leigos, resolvi adiantar para hoje.
A semana começou com uma paralisação na fábrica da General Motors em São José dos Campos (SP), onde trabalham 7500 funcionários. Devido ao fato dos modelos Zafira, Meriva e Corsa saírem de linha, quase 2000 postos de trabalho estão em risco. Em termos bem claros, 2000 funcionários podem ser demitidos.
Para tentar contornar a situação, nesta semana houve uma reunião entre os representantes da montadora, da prefeitura, do sindicato e do Ministério do Trabalho, mas não houve acordo. Até o dia 04/08 os postos de trabalho estão mantidos. Alem disso o Ministério da Fazenda exigiu explicação tanto da montadora como da Anfavea (que representa as montadoras aqui no nosso país) sobre o…

Jim O'Neill: "zona do euro só tem mais 2 anos"

Imagem
A crise da dívida na zona do euro atingiu um nível crítico e agora o bloco, da maneira como existe hoje, está com os dias contados. A opinião é do economista Jim O’Neill, presidente da asset management do Goldman Sachs, em entrevista para a CNBC.
“Dois anos no máximo, em minha opinião, é o tempo que a zona do euro tem para existir da maneira como é hoje, embora na realidade talvez dure muito menos tempo que isso”, disse o criador do termo BRIC (Brasil, Rússia, Índia e China) em entrevista para a rede.
Na opinião do economista, a situação dos bônus de países como Espanha e Itália como está não deve deixar que a região passe muito tempo sem sofrer grandes consequências.
O economista também afirmou na entrevista que a união monetária europeia, da maneira como atua hoje, não está funcionando, ao passo em que os responsáveis pela região têm falhado em realizar ações decisivas sobre os problemas que assolam a região.
Fonte: Exame
NOTA: Talvez não com o mesmo tom apocalíptico de O'Neill, …

Louis Vuitton, Hermès, Prada, Mercedes-Benz, Tiffany… agradecem à classe C

Imagem
"Que grande ironia, hein? Pode parecer brincadeira, mas a verdade é que uma parte substancial do crescimento do mercado de luxo precisa ser atribuída à emergência social da, assim denominada, classe C.
O que tem acontecido com esse segmento social, desde do Plano Real, é uma migração de consumo vertical. Ele tem deixado de se abastecer dos produtos e serviços que classicamente eram dirigidos a ele e passou a “invadir territórios” que antes eram ocupados pelos grupos sociais no topo da pirâmide. Suas conquistas sociais refletem, principalmente, maior poder de compra e de realização de desejos há muitas décadas recalcados. Tudo se passa como essas pessoas estivessem, numa linguagem bem banal, “tirando o atraso”.
Todos já deram as boas vindas a esse fantástico contingente de novos consumidores a caminho de suas realizações materiais. O próprio ciclo de crescimento e estabilidade de nossa economia têm dependido muito desse movimento, que alimenta o PIB. O que foi negado a eles duran…

Mercado de ações chinês pode estar em risco de colapso

Imagem
O mercado chinês está finalmente sofrendo os efeitos da crise financeira mundial e corre risco de desmoronar. De acordo com artigo publicado no jornal online chinês The Epoch Times online, cada vez mais pessoas estão fechando suas contas e retirando dinheiro das corretoras com a queda na confiança do investidor.
Segundo dados divulgados pelo fundo de investimentos China Securities Investor Protection Fund Limited, baseado em Pequim, as contas dos clientes nas corretoras tiveram um resgate de 90,3 bilhões de iuanes (14,1 bilhões de dólares) na primeira semana de julho e de 30,3 bilhões de iuanes (4,7 bilhões de dólares) na segunda. No mês anterior, a saída total foi de 19,7 bilhões de iuanes (30,8 bilhões de dólares).
A saída no mês de junho representou 1,6% do total da capitalização de mercado de 1,9 trilhão de dólares. Na passagem anual, o percentual chama ainda mais atenção e chega a 21% no ano, de acordo com o site da bolsa de Xangai (Shangai Stock Exchange – SSE).
Esses dados refe…

Facebook é menos confiável que Google e Amazon, diz pesquisa

Imagem
Uma pesquisa mostra que um em cada três usuários do Facebook confiam na maneira de a rede social lidar com os dados dos internautas cadastrados no site.
O Facebook obteve a pontuação mais baixa e ficou atrás de outros sites como o Google e Amazon no quesito confiança dos usuários. O estudo contou com a participação de 2.262 americanos e foi feito pela empresa de pesquisas Harris Interactive por meio da internet.
Ainda segundo a pesquisa, que foi divulgada pelo jornal The Washington Post, as pessoas que confiam na política de privacidade do Facebook dizem que não estão incomodadas com a maneira de a empresa mostrar os anúncios baseados no histórico de navegação e outras ações virtuais.
Já 66% dos entrevistados confiam no sistema de recomendação de compras da Amazon. Outros 42% dizem que confiam na segurança dos dados obtidos pelo Google, que recomenda anúncios personalizados aos internautas.
Em 2011, o porta-voz Andrew Noyes, o porta-voz corporativo Barry Schnitt e Gregg Stefancik, ger…

Economia brasileira cresceu com 'anabolizante', diz 'Economist'

Imagem
Em clima de Olimpíadas, a revista britânica The Economist diz que o desempenho econômico recorde de alguns países emergentes na última década teria sido 'à base de anabolizantes'.
O artigo, publicado na edição desta sexta-feira (20) e intitulado 'A Grande Desaceleração', faz uma analogia com o atletismo, dizendo que, diante do crescimento econômico dos Brics, os países emergentes se notabilizaram como 'os melhores velocistas do mundo'.
Segundo a revista, a China 'mal notou' as sérias crises que fizeram 'derrapar' os Estados Unidos e depois a Europa. 'Outras grandes nações desenvolvidas pausaram para respirar brevemente. Investidores apostaram pesado no crescimento rápido em mercados emergentes, enquanto líderes, de Pequim a Brasília, pregavam ao mundo as virtudes de seus modelos econômicos centrados no estado', diz a revista. Os recentes desempenhos decepcionantes de China e Índia são sinais de que os 'velocistas' da economia mundi…

A greve das UF's e IF's e a indiferença do governo

Imagem
O assunto escolhido para o comentário da semana foi um assunto que - "téquinfim" - ganhou maior espaço na mídia (o que não necessariamente quer dizer repercussão positiva) e que de um certo modo causa polêmica, por mais que se concorde com as causas do movimento: a greve dos servidores das universidades e institutos federais. Entre as causas do movimento estão a questão do reajuste salarial tanto para os docentes como para os técnicos administrativos e uma melhor infraestrutura para os novos campi destas insituições, que em não raros casos, está precária. Durante dois meses o governo federal pouco se mexeu quanto às reivindicações dos servidores, mas na semana passada eles anunciaram a proposta de que os docentes (sim, só os docentes. Os técnicos administrativos sequer entraram na discussão) receberiam até 45% de reajuste salarial até 2015 e um novo plano de carreira, que reduziria os níveis de 17 para 13.
Pois bem, não pretendo entrar a fundo no mérito desta proposta, até …

Chefe de gabinete: o braço direito

Imagem
Em seu livro O Choque do Futuro, Alvin Toffler fala sobre o estresse e a desorientação que aflige os indivíduos pelo excesso de mudanças em curto prazo. Quarenta anos depois, as transformações continuam e as exigências que pesam sobre um executivo sênior que trabalha num ambiente global afetam sua concentração, eficácia e até sua saúde.  Os executivos não têm alternativa. Devem encontrar uma maneira de serem mais eficientes com seu tempo para responderem com eficácia às crescentes pressões internas e externas que enfrentam ao conduzir suas empresas. As estratégias básicas de administração do tempo são de grande ajuda. Nesse contexto, surge então, adequada ao mundo corporativo, uma função muito importante: a do chefe de gabinete (CG).[...]
Saiba o que considerar e quando contratar um chefe de gabinete
Com essa denominação, muitos pensam em uma posição semelhante no contexto de uma organização militar, governamental ou política. Contudo, um número cada vez maior de altos executivos enten…

3 práticas de empresas que aprendem

Imagem
Aproveitando que hoje o Minuto Produtivo completa 3 meses, hoje resolvi trazer de um dos blogs hospedados no site HSM Inspiring Ideas uma matéria interessante sobre aprendizado em empresas. O autor desta matéria, Marcelo de Souza Bastos, consultor de Gerência de Inovação em Tecnologia e agente de Inteligência Competitiva no Banco do Brasil, alem de gerente de projetos certificado pelo PMI listou três práticas destas empresas. Segue abaixo a íntegra da matéria (as partes destacadas ficarão a meu critério):
"Pessoal,
Como disse o pensador Alvin Tofler: “Os analfabetos do século XXI não serão aqueles que não saberão ler ou escrever. Serão que aqueles que não conseguirem aprender, desaprender e reaprender.” Em um mundo em constante mudança, buscar o aprendizado constante torna-se uma estratégia vital para qualquer empresa que deseje continuar competitiva no mercado atual. No entanto, a maneira que nós aprendemos em ambientes corporativos não mudou em décadas. Nós ainda assistimos a …

Pesquisa mostra desculpas das faltas ao trabalho

Imagem
Um estudo da Wakefield Research, encomendado pela Citrix, realizado em junho deste ano com 1.013 pessoas que trabalham em escritórios nos EUA, revela as principais desculpas dadas para as faltas ao trabalho, as tendências e as razões pelas quais os funcionários sentem que precisam “dar um tempo” do escritório, além de como conduziriam os negócios em casa ou de férias.
“Estou doente” continua a ser uma desculpa comum para faltar ao trabalho, segundo a pesquisa, mas os funcionários de escritórios estão ficando cada vez mais criativos na hora de evitar o escritório. Entre as desculpas mais inusitadas estão "Encontrei o amor da minha vida” e “Minha moto ficou sem gasolina”.[...]
Lista das principais desculpas:

“Minha moto ficou sem gasolina”
“A gasolina é muito cara”
“Estou de dieta”
“Estou com problemas com a unha do dedão"
“Meu numerologista me disse para não ir”
“É aniversário do Elvis”
“Um gambá espirrou seu cheiro no meu cachorro”
“Todas as minhas roupas estão para lavar agora, não t…

Quem lucra com a pirataria?

Imagem
Seja em forma de CDs copiados à venda no camelô da esquina ou nos downloads disponíveis no extinto Kazaa, a pirataria de propriedade intelectual já tem estado no nosso cotidiano há algum tempo. E, assim como qualquer outro ato considerado ilícito, sempre esteve na mira das autoridades reguladoras, com ênfase muito maior nos últimos anos. 
Ações como o fechamento do Megaupload ou o levante conhecido como Stop Online Piracy Act, ou S.O.P.A, são provas disso. Mas afinal, será mesmo que a pirataria é um mal tão destrutivo assim? Quem se beneficia e quem é prejudicado por ela?
Dos camelôs aos torrents
A aquisição de conteúdo digital sem o pagamento das permissões de uso imposto pelos autores é praticada por cidadãos de todo o mundo, mas [...] o Brasil é um dos campeões quando o assunto é pirataria.
Os motivos para a tendência mais elevada aqui são muitos. Primeiramente, tem a disparidade entre o poder aquisitivo dos brasileiros em relação ao da população dos países desenvolvidos.Complicando…

Premiê da China diz que economia está se estabilizando

Imagem
O primeiro-ministro da China, Wen Jiabao, afirmou que as medidas para estabilizar a economia estão funcionando e que o governo vai acelerar os esforços no segundo semestre do ano para elevar a efetividade das políticas, noticiou a agência de notícias Xinhua no domingo.
Wen, que deu a declaração durante um viagem no fim de semana à província de Sichuan, afirmou que a economia está andando a um ritmo mais lento e mais estável de crescimento.
"A taxa de crescimento econômico ainda está dentro da meta do governo determinada neste ano, e as políticas de estabilização estão funcionando", disse Wen segundo a Xinhua.
A China informou na sexta-feira que o crescimento entre abril e junho desacelerou pelo sexto trimestre consecutivo, para o ritmo mais lento em mais de três anos. A expansão de 7,6 por cento na comparação com o mesmo período do ano passado ficou pouco acima da meta do governo de 7,5 por cento para 2012.
Fonte: Exame
NOTA: Apesar do possível ritmo de "velocidade de …

Fim das sacolinhas plásticas nos supermercados: sustentabilidade ou oportunismo?

Imagem
Hoje resolvi comentar sobre um assunto que marcou o início desta semana nos supermercados de Cariacica, Serra e Vila Velha: o fim da distribuição gratuita das "queridas" sacolinhas plásticas, cumprindo um acordo entre o Ministério Público e a Associação Capixaba de Supermercados(Acaps). O argumento principal para isso foi o ambiental: as sacolas plásticas levam 400 anos para se decompor (tudo bem, as biodegradáveis levam bem menos tempo, mas mal aguentam um saco de arroz), quando se joga em qualquer lugar causa enchentes, sufoca animais marinhos e outros que estamos cansados de conhecer. E confesso que nesta primeira semana de proibição tive um pouco de dificuldades para levar as minhas eventuais compras por conta disso. Mas enfim, será que a sustentabilidade é um argumento perfeitamente válido para isso? E se for, é de fato a maior motivação para que não tenhamos mais sacolinhas plásticas nos supermercados? Vamos a alguns pontos que podem ser muito bem considerados:
1 - Vol…

Quem é mais eficiente em energia entre as maiores economias?

Imagem
O Brasil é o décimo colocado num ranking que avaliou a eficiência energética entre as 12 maiores economias do mundo. Realizado pelo Conselho Americano para uma Economia de Energia Eficiente (Aceee) - uma organização sem fins lucrativos dedicada a fomentar a eficiência energética como meio de promover prosperidade econômica e proteção ao meio ambiente – o levantamento levou em conta 25 indicadores.
Peso especial foi dado ao uso de energia pelaindústria, transporte e edificações, três setores que pressionam os recursos energéticos nos países. Também entra na conta os esforços para criação de legislações ou políticas nacionais que estimulem a eficiência energética.
A análise geral apontou o Reino Unido como o campeão, com uma pontuação total de 67 numa escala de 100. Em seguida, aparecem Alemanha, Itália, Japão, França, União Europeia, Austrália, China, Estados Unidos, Brasil, Canadá e Rússia. Apesar do bom desempenho de alguns países, o estudo ressalta que há oportunidades em aberto pa…