Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2013

Concessionária que levou Galeão pretende fechar mais negócios no Brasil

Imagem
Bom dia pessoal. No último sábado, 23/11, fiz uma postagem comentando sobre o sucesso do leilão dos aeroportos de Galeão (RJ) e Confins (MG), dizendo, inclusive que essa iniciativa do governo em dar mais espaço à iniciativa privada para os investimentos em infraestrutura ocorre mais por questões de "choque de realidade" que de convicção. Hoje, a Exame disponibilizou em seu portal uma entrevista com a vice-presidente executiva da Changi Airport International, See Nge Muoy. Pretendo compartilhar alguns trechos da mesma, bem como fazer alguns comentários. Segue abaixo:
"EXAME.com: Além do aeroporto do Galeão, vocês têm novos planos de negócios para o Brasil?
See Nge Muoy: Esta é a primeira vez que nós participaremos da administração de um aeroporto na América Latina, mas já prestamos consultoria para o aeroporto de Confins, em Minas Gerais. No momento, estamos envolvidos nas obras de ampliação do aeroporto de Brasília. Além disso, continuamos à procura de oportunidades no B…

É tudo "histórico"

Imagem
"Tudo passou a ser genial, passou a ser fantástico. Tudo é golaço, e não é bem assim. A gente passou a procurar ídolos, o cara faz uma grande jogada e já vira ídolo. Tem que ter um pouco de noção" (Luciano do Valle)
Boa noite pessoal. Hoje utilizarei o Minuto Produtivo para comentar sobre o acordo "histórico" entre seis potências mundiais (EUA, França, Reino Unido, Alemanha, China e Rússia) e o Irã sobre o programa nuclear do país dos aiatolás. Na verdade não comentarei exatamente esse ponto, e sim sobre o uso do termo "histórico" adotado pela imprensa, não só nesta questão específica, como em outras nos últimos anos.
Pois bem, normalmente quando falamos em um momento "histórico", o que passa na cabeça são fatos que, usando a linguagem da Matemática (afinal, ainda sou estudante de engenharia), representam um ponto crítico ou então (diria até principalmente) um ponto de inflexão na trajetória da "curva" da história da humanidade (na ver…

As concessões dos aeroportos e o choque de realidade na infraestrutura

Imagem
Boa noite pessoal. No dia 19/11, comentei uma matéria da Exame neste blog meio que em tom de ceticismo em relação à competitividade do leilão dos aeroportos de Galeão (RJ) e Confins (MG). Natural, se pensar que sou bastante cético em relação às diversas ações adotadas nos quase onze anos de governo petista. Felizmente, meu ceticismo não se confirmou e o leilão foi um sucesso, com o Galeão sendo leiloado por R$ 19 bi e Confins sendo arrematado por quase R$ 2 bi (maiores detalhes sobre a concessão você pode conferir aqui).
Não pretendo usar esta postagem para discutir sobre "quem privatizou mais e/ou melhor" até porque este não é o mérito da questão. Na verdade, boa parte dessa discussão se deve a uma questão semântica (lembrando que mesmo as concessões feitas nos oito anos de governo tucano foram feitas sob pesadas críticas de quem, hoje, está no poder). Cabe levar em consideração ainda que alguns serviços públicos requerem que sejam vendidos apenas os direitos de uso de um …

Legal, querem limitar o peso nas mochilas...Mas "comofas"?

Imagem
Bom dia pessoal. Ontem, enquanto acompanhava meu feed de besteiras de notícias no Facebook, apareceu para mim uma matéria do Estadão sobre um projeto de lei, aprovado na Comissão de Seguridade Social do Senado Federal, que limita o peso máximo das mochilas que devem ser transportadas por estudantes de todo o Brasil. Segue abaixo a notícia:
"A Comissão de Seguridade Social (CSS) do Senado Federal aprovou nesta quarta-feira, 20, um projeto de lei que limita o peso máximo das mochilas que devem ser carregadas pelos estudantes de todo o País. A proposta ainda precisa passar pela Câmara dos Deputados, mas a intenção dos parlamentares é que cada criança só poderá levar até 15% de seu peso nas bolsas escolares. [...]
O texto determina que o peso do estudante deve ser informado à escola pelos pais ou responsáveis, por escrito, no caso de alunos da educação infantil ou ensino fundamental. No caso dos estudantes de ensino médio, eles próprios terão de levar a informação. Com a medida, uma c…

Participação do BNDES na economia chega a nível recorde

Imagem
A "interferência" do BNDES no financiamento aos investimentos de empresas e famílias no Brasil bateu recorde ao atingir a fatia de 19,7% no segundo trimestre deste ano. Em 2009, em plena ressaca da crise global, o banco chegou a deter 19,5% de participação. Sua fatia nesse segmento cresceu de 1% para 3,1% do PIB em uma década.
O movimento, detectado pelo Centro de Estudos do Ibmec (Cemec), tem freado o mercado de capitais e inibido o avanço de fontes de financiamento privado, como debêntures e títulos corporativos de dívida, segundo especialistas. Há dez anos, o BNDES tinha uma fatia de apenas 7,4% nesses financiamentos, de acordo com o Cemec, centro bancado por Anbima, BNDES, Cetip, Fiesp e Fipecafi. No período, o mercado de capitais elevou sua fatia no PIB de 0,3% para 2,3%.
Embora reconheça a relevância do banco como fonte financiadora, parte do mercado vê um entrave no forte avanço dos desembolsos do banco nesse mercado. "O BNDES compete com o mercado de capitais&quo…

Ministro da Secretaria de Aviação Civil promete leilão "extremamente competitivo"

Imagem
O ministro da Secretaria de Aviação Civil (SAC), Moreira Franco, disse nesta terça-feira (19) que o leilão dos aeroportos do Galeão e de Confins, previsto para sexta-feira (22), em São Paulo, será “extremamente competitivo.”
“Teremos um leilão extremamente competitivo. Os resultados de Galeão e Confins demonstrarão que há confiança no futuro do país e uma disposição muito grande desses grupos, empresariais e operadores, de enfrentar esses desafios e dar sua contribuição”, disse Moreira Franco, que participa na tarde desta terça de audiência pública na Câmara, em Brasília.
Na segunda (18), venceu o prazo para que os investidores interessados entregassem suas propostas para os dois aeroportos. O governo não divulga quantos grupos apresentaram os envelopes, mas, segundo Moreira Franco, “um número significativo de empresas” vai disputar o leilão. [...]
Disputa
Questionado por jornalistas, Moreira Franco disse que não poderia falar sobre a quantidade de consórcios que vão disputar o leilão.…

II Podcast Minuto Produtivo - Confira!

Imagem
Boa noite pessoal. Desculpem o atraso na postagem, mas às 23h de anteontem, o Minuto Produtivo fez seu segundo podcast, em que foram comentados os seguintes assuntos: Prisão dos mensaleiros;Polêmica em torno do "rei do camarote";Nomeação da Cuba, China e Rússia para a comissão de Direitos Humanos da ONU;Recuperação judicial da OSX (mais um episódio da queda de Eike);Uma reflexão sobre os índios e coitadismos em geral. Participaram deste segundo podcast: Marcos Jr. - editor-chefe do Minuto Produtivo, estudante de Engenharia de Produção no IFES;Dárcio Bracarense - convidado especial e estudante de História na UFES;David Canuto - convidado especial e estudante de Relações Internacionais na UVV;Helio Perim - convidado especial e estudante de Filosofia na UFES; Diferente do esperado, nosso bate-papo durou mais em relação ao podcast anterior. Da mesma forma, o dividimos em cinco blocos. Segue abaixo: Parte 1 - Prisão dos mensaleirosParte 2 - Polêmica em torno do "rei do camarot…

Nem sempre compartilhar escritório o torna mais produtivo

Imagem
Em um ambiente de trabalho aberto, livre de salas, portas fechadas e divisórias, é mais fácil se comunicar, interagir e, portanto, produzir, certo? Errado! Pelo menos é o que diz um estudo feito por dois pesquisadores da Universidade de Sydney, na Austrália. Os resultados foram divulgados pela Harvard Business Review.
De acordo com a pesquisa de Jungsoo Kim e Richard de Dear, quem divide um único espaço no emprego reclama não só de barulho ou falta de privacidade como até mesmo da qualidade do ar compartilhado e das cores e texturas usadas pelos colegas em suas mesas. Foram ouvidos mais de 42 mil funcionários em 303 prédios corporativos.
O principal problema, segundo o levantamento é a falta de privacidade ao falar. Sessenta por cento das pessoas que trabalham em células, por exemplo, disseram estar frustrados em relação à privacidade do som no ambiente de trabalho. Metade daqueles em cujas mesas não há divisão nenhuma reclamaram do mesmo.
Entre os que têm salas privadas, o número não…

Para o HSBC, Brasil é o latino-americano mais vulnerável à saída de capitais

Imagem
As saídas maciças de fluxos que ocorreram entre o início de maio e 18 de setembro destacaram as vulnerabilidades dos bônus dos países emergentes. O adiamento do início da redução do programa de compras de ativos pelo Fed (banco central americano) deu temporariamente um alívio para os mercados, mas o cenário de turbulência para os emergentes pode voltar em 2014. A equipe de Global Research em estratégia de renda fixa do HSBC analisou em estudo os emergentes mais e menos vulneráveis a saídas de capital quando a redução dos estímulos chegar.
De forma geral é intuitivo imaginar que os países que mais receberam capital são aqueles que mais sofrerão com as saídas, mas isso não é inteiramente verdade, diz o estudo. Apesar da alta correlação dos "yields" (retornos) dos títulos de dívida locais e os Treasuries americanos, uma grande proporção dos retornos dos papéis dos emergentes é explicada por fatores cambiais, diz o HSBC. Assim, países com posições externas fracas, grandes défic…

Câmbio ainda não ajuda nos resultados da indústria

Imagem
No patamar de R$ 2,30 e oscilando, o câmbio deverá ter impacto negativo sobre o Produto Interno Bruto (PIB) do segundo semestre. Além de pressionar a inflação, como demonstrou o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de outubro, a desvalorização do real não chega a impedir a competição com importados, como indicaram os últimos resultados da indústria. "O dólar neste patamar é pouco para dar à indústria uma competitividade inconteste", diz o ex-secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda, Julio Gomes de Almeida, do Instituto para Estudos do Desenvolvimento Industrial (Iedi).
O economista Luiz Fernando de Paula, professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Uerj), concorda: "A volatilidade do câmbio reduz a previsibilidade, o que é ruim para o empresário, aborta decisões de investimento e produção e compromete os resultados. E o patamar atual também não ajuda".
Julio Gomes diz que R$ 2,40 seria o patamar capaz de permitir à indústria um nív…

PAC 3 à vista?

Imagem
A presidente Dilma Rousseff recolhe dados para a elaboração do PAC 3, a ser lançado em data ainda indefinida, mas a tempo de servir como um dos carros-chefes da campanha à reeleição. Dilma trata pessoalmente do que fazer no próximo ano e do programa do segundo mandato, independentemente das discussões no âmbito do PT do grupo que trata do projeto de reeleição da presidente da República, em 2014.
Desde o início do ano existe a expectativa do lançamento de um PAC 3, que chegou a ser previsto para setembro último, com o anúncio de investimentos de R$ 500 bilhões em obras de infraestrutura, em três décadas. Em abril, falava-se que a nova versão do programa incluiria as concessões de dois aeroportos e a licitação do trem-bala. A construção do trem-bala foi adiada, a concessão dos aeroportos do Galeão (RJ) e de Confins (MG) sairá até o fim deste mês e o PAC 3 é apenas mais uma ideia na cabeça da presidente Dilma. Ela está pedindo sugestões a alguns ministros.
O PAC 3 deve estabelecer um novo…

As novidades desta semana: uma nova parceria e minha experiência na III Semana de Engenharia de Produção do IFES

Imagem
Boa noite pessoal. Hoje abrirei um espaço no Minuto Produtivo para deixarem vocês, leitores deste blog, informados sobre algumas novidades que merecem ser compartilhadas.
A primeira novidade é que a partir de hoje o Minuto Produtivo é oficialmente parceiro do Porco Capitalista, uma página do Facebook bastante atuante no sentido de defender os ideais relacionados à economia de livre mercado (ela também possui um site, porém menos ativo). Além disso eventualmente estarei colaborando para essa página, inclusive compartilhando as postagens deste blog por lá.
A segunda novidade é que hoje aproveito para contar um pouco de minha experiência na III Semana de Engenharia de Produção no IFES, a primeira organizada pela recém-criada empresa júnior do curso, a ENPRO Consultoria. Desde já aproveito para parabenizar aos integrantes desta pela organização e esforço feitos para proporcionarem um ótimo evento a todos os alunos do curso, professores e demais convidados. Valeu a pena todo o esforço de …

O "rei do camarote": tenho o direito de achá-lo ridículo, mas a vida é dele, o dinheiro é dele e ele faz o que bem entender. O resto é "análise" social de botequim

Imagem
Boa tarde pessoal. Hoje utilizarei o Minuto Produtivo para comentar sobre um assunto que virou polêmica tanto na mídia como nas redes sociais neste início de semana: o estilo de vida nababesco do empresário Alexander de Almeida, 39 anos, que chega às baladas de São Paulo em uma Ferrari e que gasta de R$ 200 mil a R$ 300 mil em baladas, e ainda dizendo que quem o critica é "invejoso". A partir daí houve muita discussão em diversos meios de comunicação, sobretudo nas redes sociais, lugar onde costuma aparecer algumas "análises" sociais sobre o assunto que, para variar, são sofríveis. Desde as críticas ao capitalismo e à meritocracia (como se outros sistemas tivessem se revelado melhores a longo prazo) até mesmo parvoíces como esta, em que praticamente credita a culpa de toda a miséria de várias pessoas a um estilo de vida como o do empresário paulistano.
Bem, vou começar direto ao ponto: tenho o direito de achar o que ele faz ridículo? Sim. Considerando os conhecime…

Profunda reforma econômica da China a caminho

Imagem
A China prepara-se para lançar as mais profundas reformas econômicas em uma geração, sinalizam autoridades chinesas antes da terceira plenária do 18º Congresso do Partido Comunista, que começa sábado, em Pequim.
As expectativas sobre as reformas na segunda maior economia do mundo são enormes. Espera-se que elas sejam tão importantes quanto a modernização deflagrada por Deng Xiaoping em 1992. Uma reforma efetiva deve atacar pelo menos três problemas, apontam analistas: a baixa renda da populaçao rural, que não obtém a fatia correta do forte crescimento chinês; a ineficiência na alocação de capital e o papel dominante do Estado na economia.
A China poderá reduzir barreiras à entrada de investidores privados em 90% no médio prazo, prevê Jun Ma, economista-chefe do Deutsche Bank na Ásia. O capital privado poderá entrar em setores de óleo e gás, transporte, telecomunicações, bancos, serviços médicos e educação, entre outros. Duzentos milhões de famílias da zona rural deverão receber título…

I Podcast Minuto Produtivo - Confira!

Imagem
Boa tarde pessoal. Conforme divulgado na página oficial do blog no Facebook, o Minuto Produtivo fez seu primeiro podcast às 22h de ontem, em que foram comentados os seguintes assuntos: ENEM 2013;O "porto do bilhão" a ser construído em São Mateus (ES);Mais um capítulo da queda de Eike Batista (recuperação judicial da OGX) e política de "bolsas";A força tarefa conjunta dos governos federal e estaduais (SP e RJ) para combater a violência nas manifestações;Zoochatice, ecochatice e temas correlatos. Participaram deste primeiro podcast: Marcos Jr. - editor-chefe do Minuto Produtivo, estudante de Engenharia de Produção no IFES;Vinicius Littig - editor-assistente e revisor do Minuto Produtivo, técnico em Portos formado no IFES;Dárcio Bracarense - convidado especial e estudante de História na UFES;David Canuto - convidado especial e estudante de Relações Internacionais na UVV. O bate-papo rendeu muito. Durou quase duas horas e vinte minutos. Neste caso ficou melhor dividir o…