Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2014

Precisamos de um projeto político frontal, FHC...É isso que precisamos

Imagem
Boa noite pessoal. Hoje utilizarei o Minuto Produtivo para comentar a entrevista do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (FHC) à edição nacional do jornal espanhol El País, em que ele conversa sobre o atual cenário político-econômico do Brasil. Alguns pontos deste bate-papo são interessantes, seja pelas minhas concordâncias, seja pelas minhas discordâncias em relação ao tucano. Segue alguns trechos da mesma em azul, intercalado com meus comentários.
"Pergunta. Há algum tempo parece que acabou o idílio dos mercados com o Brasil, que a confiança se perdeu. O que está acontecendo?
Resposta. Exageraram sobre os sucessos, como agora estão exagerando com as dificuldades. Nem antes voávamos tão alto, nem agora estamos tão mal. Perdeu-se o ímpeto das condições externas favoráveis e das reformas anteriormente feitas, que na verdade não aprofundamos. Não percebemos que vivíamos uma janela de oportunidade, não um estado permanente. O Governo Lula teve um erro estratégico e outro de gestão…

Nova temporada de podcasts do Minuto Produtivo - Confira o primeiro episódio!

Imagem
Bom dia (ou boa tarde ou mesmo boa noite) pessoal. Desculpem a demora, mas devido a compromissos de minha parte resolvi terminei só hoje a edição do primeiro episódio da nova temporada de podcasts do Minuto Produtivo. Ao longo do áudio é perceptível algumas falhas na gravação devido à uma queda de conexão na Internet, mas o resultado final é de certo modo, bom. Os assuntos deste debate, gravado no dia 15/02, foram: Ideologia: posições políticas dos participantes com base no Diagrama de Nolan;Caso Rachel Sheherazade;Morte do cinegrafista da Band e seus desdobramentos;Perspectivas para 2014.

A combinação perfeita para tudo estar mais caro no Brasil

Imagem
Bom dia pessoal. Hoje irei utilizar o Minuto Produtivo para comentar uma matéria da edição brasileira do jornal espanhol El País que fala sobre os altos preços praticados no Brasil. Alguns motivos para isso, explicados na reportagem, nem são tão novos, sendo alguns deles foram comentados até em outras postagens neste blog. Mas enfim, segue abaixo a matéria. Volto logo.

"O Brasil é um país onde os produtos obedecem a um sistema de tributação em que os bens considerados de menos necessidade cotidiana pagam mais impostos. Deste modo, enquanto ao adquirir um celular de alta tecnologia como o iPhone o consumidor paga 63% de tributos, para levar um quilo de feijão para casa ele desembolsará 17% para o Governo. Os impostos altos explicam muito dos preços elevados praticados no país. Mas, essa é uma ponta da história, não a única razão. Sob o pretexto de criar empregos no país, que é nobre, o Governo brasileiro mantém a economia relativamente fechada a quem está fora, e possibilita lucro…

O "dragão chinês" pode levar o mundo à recaída

Imagem
Bom dia pessoal. Hoje irei utilizar o Minuto Produtivo para comentar uma matéria da BBC Brasil que fala sobre um possível cenário de desaceleração da China, que pode gerar uma nova onda da crise econômica que começou em 2008. Alguns pontos são importantes de se notar, sobretudo nas semelhanças entre algumas ações do governo do gigante oriental e do governo brasileiro em lidar com a situação. Segue abaixo a reportagem. Volto para comentar.
"Poucas pessoas já ouviram falar da cidade chinesa de Wuhan. Mas ela, mais do que qualquer outra cidade do país, evidencia como as três extraordinárias décadas de modernização e enriquecimento da China, bem como seu milagre econômico, parecem estar perto do fim - e por que isso traz um sério risco para os mercados mundiais.
O prefeito de Wuhan, Tang Liangzhi, está gastando o equivalente a quase R$ 800 bilhões em um plano de desenvolvimento de cinco anos que tem como objetivo transformar a cidade - que já tem 10 milhões de habitantes - em uma mega…

"Trilogia" Eliane Brum: o poste, o menino e o contorcionismo verbal

Imagem
"Uma mentira repetida mil vezes torna-se verdade." (Joseph Goebbels, ministro de propaganda de Hitler)

Boa noite pessoal. Hoje irei utilizar o Minuto Produtivo para comentar mais um capítulo da "trilogia" de nossa grande jornalista Eliane Brum (você pode conferir os capítulos anteriores aqui e aqui), que em sua coluna na edição brasileira do jornal espanhol El País, resolveu destilar suas bobagens comentar sobre o caso do garoto preso a um poste no dia 31/01. O texto dela segue abaixo em azul, e ao longo do mesmo farei comentários.

Brasil: o campeão de 2013 no protecionismo

Imagem
O Brasil foi o país que adotou o maior número de medidas contra importados em 2013 no mundo, com um total de 39 aberturas de ações de antidumping. Os dados fazem parte de um informe preparado pela Organização Mundial do Comércio (OMC) e que alerta que o volume de novas barreiras no mundo no ano passado foi 30% superior ao número de 2012.
Os dados serão debatidos nesta segunda-feira, 17, em Genebra, numa reunião convocada para tratar do protecionismo no mundo. A OMC não acredita que exista um "surto" de protecionismo na economia mundial. Mas vai apelar aos governos para que coloquem o combate às barreiras como uma prioridade. [...]

Para o The Guardian, a violência e o despreparo ameaçam a Copa de 2014

Imagem
A mídia internacional continua a repercutir as dificuldades enfrentadas pelo Brasil nos meses que antecedem a Copa do Mundo.
Uma matéria publicada neste domingo pelo encarte dominical The Observer, do jornal britânico The Guardian, destaca alguns dos acontecimentos recentes.
"As pessoas ainda estão sendo mortas em protestos, trabalhadores estão morrendo na pressa para completas estádios inacabados e o clima da nação estã mais próximo do desconforto do que da alegria", diz o texto assinado por Jonathan Watts de Brasília.

Vendas no varejo em 2013 apresentam pior desempenho em dez anos

Imagem
O volume de vendas no varejo caiu 0,2% em dezembro de 2013, na comparação com um mês antes, já descontados os efeitos sazonais. Foi o primeiro resultado negativo após nove meses seguidos de alta, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Na comparação com dezembro de 2012, o varejo apresentou alta de 4%. 
Em 2013 como um todo, houve crescimento de 4,3%, o resultado menor em dez anos - em 2003, as vendas varejistas caíram 3,7%.

A liberdade e a democracia tem um preço. Ou: Abromovay, saia do mundo cor-de-rosa!

Imagem
Boa noite pessoal. Desde já peço desculpas a vocês pela ausência de postagens no blog. É porque nos últimos dias meus compromissos de faculdade apertaram um pouco, aí já sabe...Mais estudos, menos tempo para este blog. Mas dando uma pausa na tensão, hoje irei atualizar com um comentário sobre uma matéria do Brasil Post (para quem não sabe, é a versão brasileira do portal de notícias americano The Huffington Post) sobre uma carta de Pedro Abromovay ao senador Tião Viana (PT-AC), que nos últimos dias defendeu a aprovação de um projeto de lei que tipifica o crime de terrorismo. Segue abaixo alguns trechos da carta, com comentários meus (a carta estará em azul):

O mito do assistencialismo escandinavo

Imagem
Agora que os EUA estão definitivamente dispostos a expandirem seu assistencialismo, ao mesmo tempo que esse mesmo sistema está em crise na Europa, vale falarmos um pouco sobre os países escandinavos, que tem uma economia-zangão, ou seja, que supostamente não são capazes de voar mas voam. Antes de mais nada, é importante examinarmos a performance econômica de um país, olhando sua história, vamos pegar o exemplo da Suécia.

As grifes e a "vergonha" em relação aos clientes mais pobres: uma visão de mercado

Imagem
Boa noite pessoal. Na segunda postagem de hoje resolverei comentar uma matéria do Yahoo Notícias que causou certa polêmica, principalmente com aquela turma mais "politicamente correta" que enxerga preconceito em tudo. Todas essas discussões poderiam ser facilmente resolvidas se tão somente as pessoas tivessem noções de mercado e de público-alvo (em relação a desenvolvimento de produtos). Segue abaixo a notícia. Volto mais tarde.
"As marcas de grife têm "vergonha" de seus consumidores mais pobres. Pelo menos essa é a impressão deixada após consulta de diversas delas ao Instituto Data Popular, especializado neste segmento, para desvincilhar suas respectivas imagens a dos frequentadores dos rolezinhos.
"Algumas empresas me procuraram dizendo 'minha marca está virando letra de música, febre na periferia e não quero estar associado a esse pessoal'. Boa parte das marcas tem vergonha de seus clientes mais pobres. São marcas que historicamente foram posici…

Aeroportos concedidos atraem maior demanda. Novidade?

Imagem
Enquanto o volume de passageiros nos aeroportos estatais do país caiu em 2013, as primeiras empresas privadas do setor - que assumiram terminais há cerca de um ano - tiveram crescimento. Em Guarulhos (SP), ou Cumbica, Viracopos (SP) e Brasília (DF), as concessionárias conseguiram trazer em 2013 mais 4,3 milhões de viajantes sobre 2012. O aumento ocorre antes da conclusão das obras de expansão e, por isso, sobrecarrega os já lotados terminais.
Além da evolução natural dos grandes aeroportos do país, que já viam os números de passageiros aumentar ano a ano, as concessionárias estabeleceram estratégias para incrementar as receitas já no primeiro exercício de operação. No caso da administradora de Guarulhos, a GRU Airport - controlada pela Invepar (de fundos de pensão e OAS) -, segundo informou, duas grandes estratégias foram adotadas.